Departamentos de Projetos

 

Para realizar todo o processo necessário para um projeto, desde sua concepção como ideia, até sua manufatura e testes na prática, temos uma equipe dedicadas a engenharia em si em nosso grupo. Aqui, são integrados alunos das mais diversas engenharias – aeronáutica, computação, elétrica, materiais, mecânica, mecatrônica, produção…

Como são muitas áreas e muitas atividades, a nossos projetos são divididos em três departamentos: Dinâmica de Voo, Estruturas e Embarcados.

 

Dinâmica de Voo

O departamento possui, atualmente, como responsabilidade coordenar e garantir, em linhas gerais, que toda a questão de aerodinâmica que nossos eventos demandam seja sempre aperfeiçoada, que nossos projetos estejam de acordo com todas as normas legislativas que os envolvem, que as missões sejam satisfatoriamente cumpridas, de modo que a logística de nossas atividades e o controle de simulações sejam sempre otimizados, e que obtenhamos e elaboremos adequadamente os demais materiais que envolvem a estrutura e a eletrônica embarcada nos projetos. Cabe ao departamento verificar, em termos legislativos e aerodinâmicos, a viabilidade dos projetos e assegurar que estes sejam satisfatoriamente realizados.

A DDV possui, além disso, alguns ramos de estudos e desenvolvimentos na área de Aerodinâmica, além de todo o conteúdo já desenvolvido previamente por membros anteriores. Neste momento, estamos dando início aos estudos em Dinâmica Orbital de CubeSats, além de também estarmos desenvolvendo um simulador de voo próprio para o grupo.

 

Membros – DDV

 

Julia R. Céu

(Coordenadora)

Marisa F. A. Brito

 

Estruturas

O departamento de Estruturas é responsável pelo projeto e fabricação de toda estrutura física na qual serão alocados os componentes eletrônicos e experimentos. Cabe a este departamento definir o design das sondas e satélites do grupo, escolher os métodos de manufatura que serão aplicados e desenvolver um isolamento térmico capaz de garantir a integridade dos sistemas embarcados durante o voo.

 

Membros – Estruturas

 

João P. L. Barra

(Coordenador)

Cainan Colaço Brunhera

Felix A. Porcelli

Gabriel O. Peliteiro

Guilherme S. Albuquerque

Mario H. Lotumolo

Pedro Oriani

Embarcados

O Departamento tem como objetivo pesquisar e desenvolver tecnologias em sistemas embarcados pertinentes a aplicações aeroespaciais condizentes com os interesses do grupo Zenith Aerospace. O Departamento é dividido em carreiras, as quais têm desenvolvimentos específicos para compor os sistemas embarcados finais utilizados nos projetos do grupo, como por exemplo: placas de controle para sondas, placas de telecomunicação para comunicação das sondas com a base terrestre, placas de alimentação, softwares de controle, interfaces de usuário para permitir interação entre o sistema e o usuário e afins. As carreiras nas quais o departamento se divide são:

 

Energia: essa carreira busca pesquisar e desenvolver sistemas de alimentação para os projetos do grupo, criando placas de interface de carregamento e fornecimento de energia de baterias, sistemas de controle de painéis solares além de sistemas de monitoramento da saúde dos sistemas de energia.

Controle: essa carreira busca estudar e desenvolver modelos matemáticos e lógicos que representem os sistemas propostos e em desenvolvimento pelo grupo, permitindo que sejam projetadas, simuladas e implementadas técnicas de controle de ações e gerenciamento de informações.  

Comunicação: essa carreira é responsável por pesquisar e desenvolver os meios de comunicação dentro dos projetos do grupo. A comunicação é muito importantes dentro de qualquer projeto, sendo responsável por pesquisar e desenvolver sistemas que permitam a comunicação e controle de uma base para com um sistema.

Instrumentação: essa carreira tem como função a criação de instrumentos físicos gerais que eventualmente possam ser necessários em um projeto. Estes instrumentos podem ser tais como controladores de motores, rodas de reação, espectrofotômetro, contador Geiger, placas de determinação de posição e planejamento de toras e afins.

Interface: essa carreira fica responsável pelo estudo de técnicas para a criação de interfaces gráficas e sua implementação. O objetivo principal desta área é produzir uma interface gráfica que crie um ambiente de fácil programação de missões.

 

Membros – Embarcados

 

João M. S. Souza

(Coordenador)

André G. E. Coladello

Fernando H. Silva

Gustavo S. de Almeida

Leonardo J. R. Baptistella

Murilo B. Brito

Rafael B. T. Rocha

Rafael Pastre

Tiago B. Almeida

Vinícius M. Andreghetti

Vitor H. C. Cambui

Yago T. Mello